Friday, January 18, 2008

Quando é que vou poder dizer, deixa-me, fazes-me mal, que tudo não passou de um engano, que não era para ser, que a amizade não é isso. Quando? Onde fica o limite, esse traço fino desenhado a lápis, que insistes em apagar e desenhar mais à frente. Onde? Porque quero encontrá-lo, quero com uma borracha apagá-lo de vez e poder olhar-te de frente e dizer: acabou.

2 comments:

BaBy_BoY_sWiM said...

Como percebo...

Aleixo said...

Been there, done that!