Friday, June 02, 2006

Leituras VII: Sou um escritor frustrado...


...de José Angel Manas foi um pequeno livro que comprei por 2,50€ na Feira do Livro e que acabei há pouco de ler, perdão, de devorar. Depois de ter fechado o Sputnik meu Amor, acho que na quarta feira à noite, resolvi procurar nas prateleiras "qualquer coisinha com que me entreter" e foi assim que, sem quaisquer expectativas me deixei surpreender por este pequeno grande livro.
É uma daquelas histórias surreais mesmo ao meu jeito. Gosto de histórias que me levem a pensar em sentimentos humanos e esta é sem dúvida uma delas. Mas os sentimentos explorados pelo autor espanhol (sei agora, depois de ter andado aqui na net à procura de um pouco mais sobre esta recente descoberta, que foi vencedor do conceituado Prémio Planeta) vão um pouco além daqueles a que estou habituada a conhecer através das páginas dos livros que leio.
A história segue os passos de J., um professor e crítico literário que não consegue escrever e que é esse tal escritor frustrado. A alma humana tem de facto muitos espaços secretos e J. vai mostrar que havia em si mesmo, muitos desses espaços que lhe eram desconhecidos ou, pelo menos, que estavam adormecidos.
A propósito deste livro lembrei um que li há algum tempo atrás que foi O contador de histórias de Jostein Gaarder. Falava também, se bem que num ritmo e tom completamente diferentes, sobre a pressão da escrita que se põe sobre os escritores, especialmente depois de um bom primeiro livro.
A pressão - pensei eu - de qualquer forma ou sobre qualquer acto, é sempre prejudicial. Mas a verdade - reflecti - é que também eu faço parte dessa pressão, eu e provavelmente todos nós que ansiamos por um novo livro deste ou daquele escritor.

1 comment:

Ju... said...

... ou daqueles de nós que, todos os dias, anseiam por inspiração e por um novo tema para postar.
Beijos,
JU...