Friday, June 09, 2006

Sinais exteriores de loucura...

...Ainda agora ia na rua, no frenesim que é tipico de quem quer fazer tudo ao mesmo tempo em contra relógio e parei para falar a uma senhora que me cumprimentou. Dei-lhe os dois simpáticos beijinhos da praxe e segui o meu caminho depois do típico, Olá como está? Tudo bem, ainda bem. Então adeusinho. Só depois caí em mim que não conhecia a senhora de lado nenhum ou se conheço, não me lembro de onde.

2 comments:

Arturo O.Bandini said...

Ela deve ter ficado agradavelmente surpresa. E deve ter seguido seu rumo pensando "nossa, que maluca simpática"...

Emilia said...

Não, não é maluquice. A senhora simplesmente reconhece o seu rosto e o seu sorriso, e deve ter ficado feliz por 'selar' esse reconhecimento, cumprimentando-a.Ainda ontem também, quando tomava café numa esplanada, sorri para uma senhora que me sorria ao chegar. E não é que ela pediu se podia sentar-se na minha mesa, 'já que eu era tão simpática'? E lá foi falando da sua vida até eu encontrar um geito de lhe dizer que tinha de ir andando...Dei comigo a pensar: estes não serão sinais de solidão? Ontem, os seus beijinhos e os meus ouvidos porventura ajudaram a quebrar um pouco essa solidão.